Fotos mostram Curitiba de outro ângulo

O fotógrafo Guilherme Pupo registra Curitiba há duas décadas. Em um jeito de redescobrir a cidade, ele começou a fotografar a cidade de cima e criou o projeto Curitiba Aérea, publicando as imagens no Instagram.

Com o apoio de um drone, ele registra a capital de uma maneira inusitada. Cuidando com os horários, ele trabalha luz e sombra para criar cenas lindas.

Antes de comprar um drone, Pupo já praticava fotografia aérea durante sobrevoos de helicóptero e do alto de edifícios. No começo de 2017, decidiu investir num drone para facilitar o trabalho.

Em uma das imagens, Pupo estava no calçadão da rua XV de Novembro, no centro da cidade, quando fotografou os passantes com a sombra bem delimitada, detalhe dificilmente detectado quando fotografado do chão.

O registro deu a ele o prêmio do júri no concurso de fotografia de rua da revista holandesa LensCulture, além de ter sido finalista no prêmio Drone Awards, ambos neste ano.

Confira alguns dos registros:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 Sobre o fotógrafo

Guilherme Pupo é fotógrafo profissional desde 2001 e tem imagens publicadas nos maiores veículos de comunicação do país. Atualmente, tem se concentrado na produção de imagens aéreas, seja a bordo de helicópteros ou com o uso de drones. No ano passado, lançou o projeto “Curitiba Aérea”, com imagens inéditas dos principais pontos turísticos da cidade. Paralelamente, atua nas áreas de fotografia empresarial, de arquitetura e gastronomia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.