O que o mercado fitness oferecerá de melhor em 2018?

Nos últimos 12 anos, os editores da Health & Fitness Journal® do American College of Sports Medicine (ACSM) – maior e mais importante entidade da área de atividade física e saúde, circularam uma pesquisa eletrônica para milhares de profissionais para determinar as tendências de saúde e fitness.

Dessa vez a pesquisa online foi enviada para 114.455 profissionais de fitness e saúde, 4.133 responderam. As respostas foram recebidas de quase todos os continentes, 43 países ao todo.

As top 20 apostas de exercícios e serviços para o próximo ano você confere a seguir:

1º – Treinos intervalados de alta intensidade (HIIT)
Esses exercícios já figuram no pódio da pesquisa desde 2014. Trata-se de uma prática que alterna momentos mais leves com outros de muita intensidade, o que acaba com o tédio e pode otimizar o ganho de força e resistência cardiorrespiratória. Até por causa desse ritmo de treinamento, a modalidade tende a gerar uma economia de tempo em comparação com sessões tradicionais de academia.

2º – Treinamento em grupo: ginástica coletiva
Aqui existem muitos tipos de aulas que são projetados para serem motivadoras e eficazes para pessoas em diferentes níveis de aptidão física. Elas contam com instrutores que usam técnicas de liderança ajudando os indivíduos a alcançarem os resultados desejados.

3º – Tecnologia Wearable
A tecnologia portátil chegou com tudo e inclui relógios smart, monitores de frequência cardíaca e dispositivos de rastreamento GPS. Hoje a indústria alcança US$ 1,5 bilhões em vendas, incluindo também tecidos inteligentes e interativos têxteis.

Exercícios com o peso corporal: calistenia
Treinamento de força: musculação e outras formas
Profissionais experientes, certificados e educados: currículo e conhecimento técnico
Yoga
Treinamento personalizado: personal training
Exercício físico para pessoas idosas
10º Treinamento funcional: treinamento multicomponente
11º Exercício físico e emagrecimento
12º Exercício físico é remédio: exercício para prevenção/tratamento de doenças
13º Treinamento personalizado em pequenos grupos: group personal training
14º Atividades ao ar livre: outdoor
15º Liberação miofascial: rolos de mobilidade e flexibilidade
16º Licenciamento/habilitação para profissionais fitness
17º Treinamento em circuito: circuit training
18º Coaching de bem estar: wellness coaching
19º Treinamento dos músculos do tronco: core training
20º Treinamento esporte-específico

Entre as cinco características mais marcantes nas tendências destacam-se
– Eficiência e otimização do tempo
– Dinamismo e inovação
– Tecnologia
– Praticidade e independência
– Funcionalidade

Algumas considerações

Em 2018, algumas tendências emergentes dos últimos três anos foram confirmadas no top 10:
– O HIIT voltou a ser classificado como a número um depois de cair para a terceira posição em 2017
– O treinamento com peso corporal é agora o número quatro
– A tecnologia wearable saiu da primeira posição em 2017 para a terceira em 2018

Caindo fora das 20 principais tendências:
– Medidas de resultados (número 21 em 2018)
– Apps de exercícios no smartphone (número 26 em 2018)
– Promoção da saúde do local de trabalho (número 23 em 2018)

*A lista de tendências foi divulgada na edição de novembro de 2017 da revista ACSM’s Health and Fitness Journal.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.