CASACOR Paraná chega à 24ª edição

Evento aconteceu entre os meses de junho e julho no Jockey Club do Paraná.

A mostra paranaense da CASACOR chegou à sua 24ª edição. A proposta deste ano foi o “Foco no Essencial”, apresentando 42 ambientes e contando com a participação de 62 profissionais da arquitetura, decoração, design e paisagismo.

Fiel a seu compromisso de recuperação do Patrimônio Arquitetônico de Curitiba, a CASACOR escolheu como empreendimento de 2017 o icônico imóvel que iniciou a história do Jockey Club do Paraná. A antiga sede administrativa abriga a segunda entidade de turfe mais antiga do Brasil.

O projeto contou com um retrofit da construção histórica, protegida por Tombamento Estadual desde 2005, onde foram apresentados ambientes residenciais e, aproveitando os espaços originais, áreas de gastronomia para o café e restô-bar, ambientes tradicionais já esperados pelo público.

Complementou o evento, o aproveitamento do grande jardim onde foram instalados alguns setores, como espaços corporativos, espaço de gastronomia com Clube de Gourmets e salão para eventos. No lindo Parque de Eucaliptos, ao lado do prédio, foi inserido com muita criatividade um boulevard de contêineres aproveitando a onda mundial de reciclagem desses elementos que nada mais são do que produtos de descarte e que hoje, ao encerrarem sua vida útil no mercado de transporte, revolucionam a moderna arquitetura.

Com a atual discussão sobre meio ambiente, construções sustentáveis, materiais desperdiçados, poluição, energia solar, reciclagem etc., os contêineres são um suporte perfeito e uma alternativa construtiva benéfica ao homem e à natureza. “Nosso boulevard foi palco para a criatividade dos expositores que foram convidados a apresentar temas livres, dando asas à sua imaginação e o resultado foi surpreendente”, destaca a diretora da mostra paranaense, Marina Nessi.

Ainda com “Foco no Essencial”, a CASACOR dispensou excessos e apostou na linguagem apurada dos espaços. A sustentabilidade também ficou clara no uso de materiais ecológicos, nas lareiras a álcool e nos processos construtivos que minimizam desperdícios, reforçando que o tema passa pelo respeito à natureza.

Nos projetos o minimalismo era a chave. Uma síntese de linhas apuradas, seleção comedida de cores e texturas pontuais foram citadas nos espaços que, em sua maioria, iam à direção da sobriedade. Claro que havia lugar para tendências: os metalizados pontuaram, além dos estofados curvos, o veludo e a cor Greenery, por exemplo. Nenhum detalhe surgiu por acaso para mostrar o que realmente importa.

Outro destaque em grande parte dos cômodos foram as referências industriais.
O estilo despojado e desconstruído teve sua origem nos Estados Unidos, mais precisamente em Nova Iorque entre as décadas de 1960 e 1970. Hoje a tendência foi reinventada e está presente em projetos modernos e inovadores. Com materiais e artigos de decoração brutos e ao mesmo tempo sofisticados, a paleta de cores é carregada por preto, branco e cinza, deixando o colorido apenas para os detalhes. A elegância também esteve exposta em alguns pontos específicos com o dourado.

O uso de pedras naturais na decoração também ganhou força em 2017. Atemporais, elas dão textura para qualquer projeto, além de resgatar aspectos da arquitetura pré-modernista. Muitos profissionais destacaram o uso desses materiais em seus ambientes, principalmente do mármore.

PRÊMIO PARA OS MELHORES AMBIENTES
A premiação ocorreu no dia 23 de junho e apontou, além dos ambientes que mais se destacaram, profissionais que melhor cumpriram os prazos estabelecidos.

Ao todo foram premiados 10 projetos que se destacaram em cada uma das categorias, de acordo com a organização e um júri especialista no tema.

A seguir você confere os ambientes vencedores.
• Melhor solução de funcionalidade – Lounge Gourmet – Sandro Percicotti.
• Mais ousado – Hall de Entrada Arauco – Luiz Maganhoto e Daniel Casagrande.
• Projeto comercial – Café – Walkiria Nossol.
• Aproveitamento de espaço – Suíte do Rapaz – Marcelo Lopes
• Ambiente conceito – Lounge Instalo – Wilson Pinto.
• Mais sofisticado – Eduardo Mourão.
• Exposição de produto – Livraria – Vania Toledo Martins.
• Mais original – Hall de Circulação e Toilette Social – Jane Rocha e Suzane Simon.
• Banheiros – Toilette Funcional – Eloisa Montemezzo e Marcel Takahira.

Destaques no cumprimento de prazos:
• Bar – Filipe Dal Posso, Laryssa Rocha e Priscila Mileke.
• Quarto do Bebê – Janaina Macedo.
• Lavabo Funcional – Janaina Marques e Jennyfer Gotardo .
• Escada e Circulação – Josy Melo.
• Cozinha Living Bar – Carlos Navero.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.